Tag: off-grid

Se você quer aproveitar os benefícios da energia solar na sua residência ou empresa, é possível que você tenha se deparado com esses dois termos: on-grid e off-grid. Mas você sabia que existe uma terceira forma de geração de energia conhecida como sistema fotovoltaico híbrido?

O novo sistema tem chamado atenção dos consumidores ao combinar duas formas diferentes de armazenamento de energia. Assim, uma parte pode retornar à rede e o restante é armazenado em baterias para uso futuro.

Como funciona um sistema fotovoltaico híbrido?

Para explicar o funcionamento dos sistemas híbridos, é necessário compreender a diferença entre os modelos on grid e off grid. Ambos os termos se referem ao funcionamento dos sistemas na geração de energia, porém cada um é indicado para diferentes cenários.

On grid

O sistema on grid é um sistema de energia solar ligado à rede elétrica. A ideia é que, com o on grid, a companhia elétrica converta em créditos o excesso de energia solar gerado pela unidade (e tem validade de 5 anos).

Por não precisar da ação de baterias, o modelo on grid é mais barato de instalar e tem custos manutenção mais baixos, dispensando a compra e a troca destes dispositivos.

Off grid 

O sistema de energia solar off-grid tem como principal característica o autossustento. Ou seja, no lugar de receber e enviar energia para a rede de distribuição, são usadas baterias próprias que armazenam a energia excedente em baterias para ser utilizada quando não houver produção.

O modelo oferece independência da rede distribuidora, sendo ideal para imóveis não atendidos pela rede elétrica, manter algum equipamento fora da rede ou para maximizar a economia na conta de luz.

Apesar de representar um custo inicial maior, devido à instalação das baterias, esse tipo de sistema oferece maior autonomia e ininterrupção do fornecimento.

Mas afinal, o que é um sistema Híbrido?

Os sistemas fotovoltaicos híbridos são assim chamados, pois possuem capacidade de trabalhar simultaneamente entre dois sistemas: on e off-grid.

Ele permite armazenar a energia excedente para ser usada pela unidade geradora durante a noite, altura em que o pico de consumo de eletricidade geralmente é maior. Como consequência, é possível reduzir ainda mais o valor das contas de luz no final do mês.

De maneira semelhante, em casos de queda ou apagão, quem possui um modelo híbrido tem menores riscos de sofrer com esse imprevisto, devido a energia armazenada nas baterias.

As vantagens

Recorrer a um sistema solar de autoconsumo híbrido traz enormes vantagens como:

As desvantagens

No entanto, nem só de vantagens vivem os sistemas solares! Veja só:

WordPress Lightbox
Open chat
1
Olá, tudo bem!
Em que podemos ajudar?